Implante de Cardioversor / Desfibrilador

Implante de Cardioversor / Desfibrilador

Implante de Cardioversor / Desfibrilador

O Cardioversor/Desfibrilador (CDI) é um equipamento implantável totalmente automático, capaz de detectar arritmias graves e tratá-las imediatamente através de estímulos elétricos.

Quando o coração fica lento, o CDI funciona como se fosse um marca-passo convencional, corrigindo a bradicardia.

Se o paciente apresenta uma aceleração anormal do batimento cardíaco (taquicardia), o CDI inicia protocolos de reversão conforme a programação específica, definida pelo médico eletrofisiologista. Dependendo da gravidade da arritmia, o CDI pode utilizar estímulos de baixa ou alta energia, corrigindo-a imediatamente.

O CDI evita que o paciente tenha que ir ao pronto-socorro para reverter a arritmia e, nos casos mais severos, evita também a morte súbita. Os pacientes que se beneficiam deste equipamento são criteriosamente avaliados pela equipe de arritmias antes do implante para decidir o modelo indicado em cada caso e a programação do aparelho. Normalmente, estas decisões são baseadas em estudo eletrofisiológico intracardíaco.

No HCor, o serviço de arritmias implanta esse tipo de aparelho com anestesia geral, sendo que o paciente permanece na UTI por 24 horas após o implante.

Não é necessária a abertura do tórax e o paciente recebe alta hospitalar em um período de 48 a 72 horas após a cirurgia.

Unidades