Novembro Azul e Câncer de Próstata

Novembro Azul e Câncer de Próstata

Novembro Azul e Câncer de Próstata

Novembro Azul - O mês de Novembro é internacionalmente dedicado às ações relacionadas ao câncer de próstata e à saúde do homem.

Apontado como um dos tumores de maior incidência entre os homens, o câncer de próstata tem larga prevalência no País, superado apenas pelo câncer de pele. Mesmo assim, a parcela masculina da população nem sempre dá a devida atenção ao problema. Tanto que o Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que cerca de 61 mil novos casos da doença tenham sido notificados, só no ano passado.

A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen. Ela é um órgão muito pequeno, tem a forma de maçã e se situa logo abaixo da bexiga e à frente do reto. A próstata envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada. A próstata produz parte do sêmen, líquido espesso que contém os espermatozóides, liberado durante o ato sexual.

Após os 40 anos é recomendado que o homem procure o urologista e faça o check-up anual da próstata.


Os exames realizados no check-up são simples: é solicitado exame de sangue, onde é verificado o PSA do paciente, que é uma substância produzida exclusivamente pela próstata. Quando há alteração no PSA do paciente são feitos exames mais aprofundados para entender o porquê da alteração.

Além do PSA, também é solicitado uma ultrassonografia das vias urinárias e o exame de toque prostático, fundamental para detectar a presença de nódulos e anormalidades na glândula. As chances de cura para o Câncer de Próstata diagnosticado precocemente é acima de 90%. Por isso, é fundamental que o paciente vá ao médico anualmente para fazer os exames e saber se está tudo bem.

Fatores de risco

Além da idade, outros fatores têm sido relacionados ao surgimento do câncer de próstata:

Aliados a esses fatores, também constam hábitos alimentares pouco saudáveis.

Prevenção

Evite álcool ou consuma com moderação, reduza a quantidade de gordura na alimentação, principalmente de origem animal, procure consumir com regularidade vitaminas A e D, tomate (fonte de licopeno) e oleaginosas (que possuem antioxidantes como o selênio), mantenha-se em forma e combata o sobrepeso e pratique, no mínimo, 30 minutos de atividade física por dia.

Fique atento

Além de todos estes cuidados, é importante ficar atento a sintomas como:

  • Presença de sangue na urina.
  • Incômodo ao urinar (dor ou ardência).
  • Jato urinário mais fraco que o normal.
  • Dor durante a ejaculação.
  • E necessidade de urinar com frequência (principalmente à noite).

Apesar do Câncer de Próstata ser uma doença silenciosa e a maioria dos pacientes serem assintomáticos nos estágios iniciais da doença, os sintomas descritos acima podem significar algum problema na próstata ou nas vias urinárias, sendo imprescindível que procure uma avaliação médica.

Unidades