• 29 de agosto: Dia Nacional de Combate ao Fumo | HCor | Hospital do Coração
    29 de agosto: Dia Nacional de Combate ao Fumo

    29 de agosto: Dia Nacional de Combate ao Fumo

    29 de agosto: Dia Nacional de Combate ao Fumo

    HCor promove palestra e testes gratuitos sobre prevenção e tratamento de doenças pulmonares

    As doenças pulmonares podem assumir muitas formas, sendo a Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) e a asma as formas mais comuns. A DPOC é causada pela obstrução irreversível das grandes vias aéreas do pulmão, enquanto a asma, por sua vez, é uma obstrução reversível das pequenas vias aéreas pulmonares.

    Para conscientizar a população, no dia 29 de agosto, o HCor promove uma palestra interativa com o pneumologista João Marcos Salge e com a Gerente de Psicologia Silvia Cury Ismael, sobre “Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) e Asma”, além de oferecer testes gratuitos de monoximetria (avalia e mede a concentração de monóxido de carbono no pulmão para fumantes) e espirometria (exame que mede a velocidade e quantidade de ar que um indivíduo é capaz de colocar para dentro e para fora dos pulmões – que tenham indicação), além da apresentação da boneca “Altina – a boneca fumante”.

    De acordo com a Gerente do Serviço de Psicologia e responsável pelo Programa de Assistência Integral ao Fumante do HCor (Hospital do Coração), o evento irá abordar os sinais, sintomas e principais fatores de risco do tabagismo, que é responsável por até 85% das mortes por doença pulmonar crônica. “O tabagismo é reconhecidamente uma doença crônica e um fator de risco para cerca de 50 doenças, dentre elas, o câncer, DPOC e doenças cardiovasculares”, esclarece Silvia Ismael.

    Cerca de 210 milhões de pessoas no mundo têm DPOC e a estimativa é que a doença se torne a terceira principal causa de morte em 2020. “No Brasil, a DPOC atinge mais de 7 milhões de pessoas. No entanto, somente 12% dos pacientes são diagnosticados e, desses, apenas 18% recebem tratamento. O principal fator de risco para a DPOC é o tabagismo, sendo desenvolvida entre 15 a 20% dos fumantes”, explica Dr. João Marcos Salge, pneumologista do HCor.

    Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o tabagismo é a principal causa de morte evitável em todo o mundo, sendo responsável por 63% dos óbitos relacionados às doenças crônicas não transmissíveis. Dessas, ele é responsável por 85% das mortes por doença pulmonar crônica (bronquite e enfisema), 30% por diversos tipos de câncer (pulmão, boca, laringe, faringe, esôfago), 25% por doença coronariana (angina e infarto) e 25% por doenças cerebrovasculares (acidente vascular cerebral).

    Tabagismo no Brasil: dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer), no Brasil 200 mil mortes anuais são causadas pelo tabagismo e, atualmente, 11% da população brasileira com mais de 18 anos é fumante. Ao longo dos anos, diversas campanhas de conscientização veem sendo realizadas no Brasil, sendo estabelecido no dia 29 de agosto o Dia Nacional de Combate ao Fumo.

    Sobre o Programa de Cuidado Integral ao Fumante do HCor: programa que tem atendimento individualizado no NAP (Núcleo de Atendimento Psicológico) uma vez por semana, durante três meses, o programa tem obtido êxitos inéditos. Após início do tratamento, por exemplo, cerca de 80% dos pacientes permanecem em abstinência. Depois de um ano, 60% deles resistem ao cigarro, diminuindo consideravelmente os riscos de doenças cardiovasculares, hipertensão, câncer de diversos tipos, diabetes, entre outros males.

    O Programa de Cuidado Integral ao Fumante é um dos trabalhos realizados pelo Serviço de Psicologia do HCor (Hospital do Coração), que há 23 anos atua fortemente na instituição com palestras educativas para jovens e adultos, além do atendimento interno a pacientes do hospital. Ao todo, desde o seu lançamento há 23 anos, já passaram pelo programa mais de 1000 pessoas.

    Dicas para parar de fumar:

    Escolha um dia para parar de fumar de uma vez só;

    Tome água quando tiver vontade de fumar;

    Procure ler, caminhar e praticar atividades que distraiam a mente;

    Modifique sua rotina o máximo possível;

    Faça exercícios regularmente;

    Procure não substituir o cigarro pela comida;

    Escove os dentes logo após as refeições;

    Pratique relaxamento e exercícios de respiração;

    Tenha sempre em mente que o cigarro é um inimigo da saúde;

    Procure ajuda de especialistas se não conseguir parar sozinho.

    Anote na agenda:

    Palestra: “Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) e Asma”

    Testes gratuitos de monoximetria e espirometria, além da apresentação da boneca Altina – a boneca fumante.

    Data: 29 de agosto (Dia Nacional de Combate ao Fumo)

    Horário: das 12h às 14h

    Local: auditórios 02 e 03 do HCor (Hospital do Coração)
    R: Desembargador Eliseu Guilherme – 147 (Paraiso)

    Inscrições gratuitas e limitadas pelo e-mail: eventoseducacao@hcor.com.br

    Unidades