HCor desenvolve projeto pioneiro de Capitação em Call Center

Em parceria com o Ministério da Saúde, projeto visa promover a inserção de profissionais com deficiência locomotora ao mercado de trabalho; curso prevê a capacitação de 30 profissionais

Com o objetivo de ampliar a atenção à pessoa com deficiência (PCD), o Ministério da Saúde aprovou, em setembro de 2012, a Lei nº 12.715 do Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência – PRONAS/PCD. A importância desta lei é a de permitir que empresas sem fins lucrativos desenvolvam projetos que visam promover a inserção de PCD no mercado de trabalho, por meio de capacitação e qualificação. Neste contexto, a fim de cumprir sua missão de responsabilidade social, o HCor – Hospital do Coração, em São Paulo, teve a iniciativa de incorporar o projeto de Capacitação em Central de Atendimento (Call Center) para pessoas com deficiências locomotoras graves.

Muito bem estruturada e reconhecida por sua capacidade e eficiência, a Central de Atendimento do HCor registra, diariamente, cerca de 3.300 ligações. Alinhado ao Programa Diversidade, da área de Recursos Humanos do hospital, o projeto possibilita que ao final do curso o profissional esteja habilitado para atuar como Operador de Teleatendimento e possa ser indicado tanto para oportunidades internas da instituição como para outras colocações no mercado.

“Este projeto, somado aos já existentes, reforça a missão filantrópica da Associação Sanatório Sírio, mantenedora da instituição, além de seu compromisso ético em promover a diversidade, respeitar as diferenças e reduzir as desigualdades sociais”, afirma Adriana Pedranzini, coordenadora de Projetos de Filantropia do HCor.

O setor de teleatendimento no Brasil é um dos que mais empregam, gerando cerca de 600 mil empregos diretos. As companhias brasileiras possuem o aporte necessário para atender diversos tipos de serviços e demandam um número relevante de postos de trabalho. Atualmente, o país concentra mais de 60% dos Centros de Atendimento na América Latina.

Projeto pioneiro

O curso de Capacitação em Central de Atendimento (Call Center) congrega o conjunto mínimo de conceitos e instrumentos de gerenciamento, imprescindíveis para a formação, treinamento e aperfeiçoamento de recursos humanos em todos os níveis. O foco é promover a adaptação, a inserção e a reinserção da pessoa com deficiência locomotora ao mercado de trabalho de forma humanizada.

Na opinião do gerente administrativo do Centro de Diagnóstico do HCor, Paulo Henrique da Costa, o projeto possibilita adequações importantes: “Em um grupo heterogêneo, a troca de experiências e de opiniões é enriquecedora. Isso permite proporcionar aos colaboradores uma visão mais holística, além de estimular a criatividade e a inovação no ambiente de trabalho”, afirma.

Processo seletivo

Para participar da seleção os candidatos devem ter no mínimo 18 anos e ensino médio completo. Os interessados devem enviar cópia do laudo médico e currículo para o e-mail: diversidade@hcor.com.br. A próxima turma, formada por cinco alunos, iniciará as aulas no próximo dia 5 de abril. O curso tem duração de três meses e prevê 480 horas de treinamento, que contemplam disciplinas teóricas e práticas.