• Nutricionista do HCor explica sobre os benefícios do painço | HCor | Hospital do Coração
    Nutricionista do HCor explica sobre os benefícios do painço

    Nutricionista do HCor explica sobre os benefícios do painço

    Além de auxiliar no controle do peso, este cereal pode prevenir doenças cardiovasculares, diabetes tipo II e prisão de ventre; saiba como consumir e quais são suas principais propriedades nutritivas

    Pequeno, redondinho e de cor amarelada. Estas são algumas características do painço. De origem asiática, este pequeno grão vem ganhando cada vez mais destaque devido aos seus inúmeros benefícios. Para o consumo humano, ele é um cereal integral com boas concentrações de proteína, fibra, ferro, cálcio, não contém glúten e é capaz de auxiliar tanto no controle do peso quanto na prevenção de doenças cardiovasculares, diabetes tipo II e prisão de ventre.

    Maria Fernanda D’Ottavio, nutricionista do Clinic Check-up HCor – Hospital do Coração, em São Paulo, comenta que o consumo diário deve ser de, aproximadamente, 120g, o equivalente a quatro colheres de sopa. Pode ser em forma de farinha, adicionada às frutas, sucos e vitaminas ou cozido, por ser uma alternativa ao arroz e à farinha de trigo, por exemplo. “Devido à sua característica de baixo índice glicêmico e lenta absorção, o painço ajuda a ter mais saciedade, deixando a fome longe por mais tempo, o que favorece o emagrecimento”, diz.

    Incluir o painço na dieta, segundo a nutricionista, é mais do que uma alternativa interessante aos outros cereais integrais. Este grão, de baixa caloria – cada 100g possuem 120 kcal -, contém bons teores de metionina, aminoácido essencial que ajuda no processo de formação do corpo, pouco presente na batata e na mandioca, por exemplo. Além disso possui bastante cálcio, favorecendo a saúde óssea.

    A nutricionista do HCor lista outros nutrientes e benefícios deste cereal para você incluir agora da dieta:

    Saúde dos ossos: por ser rico em cálcio, o painço ajuda na prevenção ad osteoporose.

    Previne diabetes: as fibras alimentares ajudam na absorção lenta da glicose no organismo, o que evita picos de açúcar no sangue.

    Doença celíaca: por não conter glúten, pessoas com doença celíaca também podem se beneficiar com o consumo do painço.

    Antienvelhecimento: com ação antioxidante, os polifenois possuem características anti-inflamatórias, antiplaquetária, que colabora com a saúde do coração, e antienvelhecimento, por eliminar os radicais livres do organismo.

    Unidades