• Desnutrição hospitalar é tema de palestra do presidente da BRASPEN | HCor
    Presidente da BRASPEN dá palestra sobre desnutrição hospitalar no HCor

    Presidente da BRASPEN dá palestra sobre desnutrição hospitalar no HCor

    A palestra “Diga não à desnutrição” tem o objetivo de alertar os profissionais da saúde no combate e prevenção à desnutrição hospitalar.

    Você sabia que as pessoas consideram a desnutrição em pacientes como um fator frequente e que pode comprometer a recuperação da saúde? Você pode contribuir para mudar este cenário ao participar da palestra “Diga não à desnutrição”, que será realizada nesta quarta-feira (18/04), no HCor (Hospital do Coração), em parceria com a BRASPEN (Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral).

    Neste mês, o HCor inicia uma campanha, de abrangência nacional, com objetivo de alertar os profissionais da saúde (médicos e profissionais assistenciais), no combate e prevenção à desnutrição intra-hospitalar. Para iniciar a campanha, uma palestra será ministrada no HCor, pelo presidente da BRASPEN, Dr. Diogo Toledo, que abordará os 11 passos criados pela Entidade no combate à desnutrição.

    Destinada aos profissionais assistenciais como médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas e fonoaudiólogos, o foco da campanha é alertar estes profissionais da saúde desde os sinais de desnutrição para o diagnóstico precoce, até o tratamento da desnutrição. De acordo com a gerente de Nutrição do HCor, Rosana Perim, este tema vem trazendo discussões frequentes entre os profissionais envolvidos no cuidado, uma vez que a nutrição inadequada impacta diretamente na recuperação do quadro clínico, e frequente reinternações.

    Anote na agenda:

    Palestra “Diga não à desnutrição”
    Data: 18/04 (quarta-feira)
    Horário: às 12h
    Palestrante: Dr. Diogo Oliveira Toledo (presidente da Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral)
    Local: HCor (Hospital do Coração)
    Endereço: Rua Desembargador Eliseu Guilherme, 147, auditório 1 – Paraíso
    Público: profissionais assistenciais como médicos, enfermeiros, nutricionistas, etc.

    Unidades