Instituto de Pesquisa HCor lidera estudos mundiais

Referência científica nacional e internacional, IP HCor completa 10 anos

Instituto de Pesquisa HCor
Dr. Alexandre Biasi Cavalcanti, gerente de Estudos Clínicos do Instituto de Pesquisa HCor apresenta o estudo ART, durante Congresso da Sociedade Europeia de Medicina Intensiva (ESICM), em Viena, na Áustria

Com atuação no desenvolvimento, execução e publicação de estudos clínicos de grande porte em várias especialidades médicas, o Instituto de Pesquisa HCor tornou-se referência científica nacional e internacional. “Nestes dez anos já totalizamos 33 estudos, parcerias com mais de 15 países e cerca de 55 mil pacientes incluídos nestes projetos”, afirma Dr. Otávio Berwanger, Diretor do Instituto de Pesquisa HCor, ressaltando os estudos desenvolvidos junto ao Ministério da Saúde por meio do Programa de Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI- SUS).

Além de testar novos tratamentos, o Instituto de Pesquisa HCor também avalia estratégias de melhorias de práticas clínicas, para garantir que as recomendações e diretrizes sejam aplicadas
na rotina médica em benefício dos pacientes. “Nossos estudos são publicados em periódicos internacionais como New England Journal of Medicine, JAMA e Lancet, e apresentados em sessões especiais de congressos pelo mundo”, celebra Dr. Berwanger.

O Instituto de Pesquisa HCor é pioneiro no Brasil na coordenação global de estudos de grande porte, incluindo vários hospitais de outros países. Na últi ma década, mais de 55 mil pacientes parti ciparam dos projetos idealizados pelo IP

Dr. Otávio Berwanger
Diretor do Insti tuto de Pesquisa HCor


TREAT:

Testa uma nova indicação para a medicação Ticagrelor em pacientes com infarto agudo do miocárdio tratados com trombolítico (utilizado para melhorar o fluxo sanguíneo em um infarto).

ART:

(Alveolar Recruitment Trial) Tem como objetivo aumentar as chances de sobrevida de pacientes com Síndrome da Angústia Respiratória Aguda (SARA), principal causa de morte em UTI.

BRIDGE-ACS:

Testou um pacote de intervenções (checklist, etiquetas, pulseiras de identificação, etc) para melhorar o atendimento a pacientes com Infarto.

BRIDGE-Stroke:

Estudo que avalia uma intervenção multifacetada para melhorar atendimento a pacientes com AVC isquêmico, segunda maior causa de mortalidade no Brasil.

Gateway:

Estudo que verificou o efeito da Cirurgia Bariátrica no controle de hipertensão arterial e redução de peso.

BRIDGE-CV:

Estudo que avalia um programa de melhoria de prática clínica para aderência a terapias baseadas em evidência em pacientes de alto risco cardiovascular.

RIVER:

Avalia o uso do medicamento Rivaroxabana em pacientes com arritmia (fibrilação atrial) e que realizaram cirurgia de troca de valva cardíaca (prótese biológica).

SECURE:

Avalia o efeito das estatinas (medicação para controle de colesterol), quando aplicadas precocemente e em altas doses em pacientes com infarto submetidos à angioplastia.

Dieta Cardioprotetora:

Programa de educação nutricional baseado em estratégias lúdicas para auxiliar a prescrição dietética conforme o preconizado pelas diretrizes nacionais.