LOAD

LOAD

LOAD

Atorvastatina para a prevenção de eventos cardiovasculares maiores em pacientes submetidos à cirurgia não cardíaca: ensaio clínico randomizado – piloto LOAD

O projeto avalia a viabilidade de realização de um estudo clínico randomizado, multicêntrico, duplo cego e controlado por placebo. A ideia é visar a segurança e a eficácia do uso de um medicamento (atorvastatina) administrado imediatamente antes e nos primeiros dias que se seguem a uma cirurgia não cardíaca, com o intuito de reduzir eventos vasculares maiores, assim como sua ação na prevenção da elevação dos marcadores de necrose miocárdica (troponina) em pacientes com moderado a alto risco cardiovascular. Serão considerados elegíveis ao estudo pacientes de ambos os sexos, com idade superior a 40 anos, submetidos a cirurgias não-cardíacas com expectativa de internação hospitalar por 24h ou mais e alguns critérios a serem considerados.

O objetivo é investigar a viabilidade de realizar um estudo que forneça evidências para a utilização de uma intervenção de baixo custo, com medicamento que já possui equivalente genérico disponível em algumas unidades da rede pública e de simples implementação. Os intuitos são prevenir complicações graves e ter algo que pode ser utilizado em uma grande parcela da população, reduzindo assim custos para o sistema público de saúde do Brasil.

Em âmbito nacional, estes dados poderão ser incluídos em futuras revisões sistemáticas, análises econômicas e avaliações de tecnologias em Saúde, com potencial impacto positivo em políticas do Sistema Único de Saúde. Em âmbito internacional, este estudo será o piloto de um estudo maior, auxiliando na resposta de uma questão de pesquisa relevante e ajudará a estabelecer o SUS como referência em pesquisa clínica multicêntrica pragmática.

Unidades