×

HCor Explica / Outras

Atividade física é essencial na terceira idade

Conheça alguns benefícios da atividade física na terceira idade de acordo com o ortopedista do HCor além de dicas saudáveis e adequadas de exercícios físicos para idosos que aumentam a sobrevida em até cinco anos.

Se existe uma unanimidade entre a classe médica é a de que exercícios físicos são fundamentais para melhorar o estilo de vida e, assim, evitar várias doenças.

A máxima continua valendo mesmo para quem já chegou à melhor idade. De acordo com o Prof. Dr. Gilberto Camanho, ortopedista do HCor, a prática de atividade física deve continuar para quem já passou dos 60 anos.

“A medida que a pessoa envelhece, ela perde fibras musculares, algo em torno de 35% a 40% das fibras musculares que tinha quando nasceu. Além disso, ela perde também em torno de 30% da inervação dessa musculatura e, também, massa óssea”, explica o ortopedista do HCor.

Segundo o médico, esse processo significa uma perda de força muscular e de massa óssea, e a atividade física ajuda a diminuir os impactos dessa perda. Alem disso, os exercícios fazem com que a musculatura se desenvolva mais, suprindo assim esses grupos musculares que se atrofiaram pela idade.

Para saber mais, assista à playlist HCor Explica sobre Atividade Física na Terceira Idade abaixo:

Se uma pessoa aos 30 anos tem 100% da força física e massa muscular funcionando, ao chegar na terceira idade (a partir dos 60 anos) ela vai ter 70%. Então, a atividade física é algo terapêutico, não é uma sugestão. Ela é obrigatória para suprir essas deficiências”, diz o ortopedista que completa: “E estou citando um exemplo apenas no aparelho locomotor, mas os exercícios também têm um importante papel em outras funções, como a pulmonar, a cardiológica, etc.


150 minutos de prática de atividade física

O Idoso que pratica 150 minutos de atividade física por semana regularmente garante um desenvolvimento em sua estabilidade física por 15 anos.
Fonte: Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (CELAFISCSC)


Cuidados e moderação durante a prática da atividade física

Exercícios físicos para idosos

Embora os exercícios físicos sejam necessários, é preciso tomar alguns cuidados antes de praticá-los. “A primeira coisa é fazer uma avaliação ortopédica, porque, em casos de idade avançada, a pessoa pode ter artrose, desgastes e desvios, por exemplo. Então, a pessoa não pode chegar em uma academia e fazer uma atividade física, ela tem que fazer avaliação médica e respeitar a limitação da própria da idade. Tem que ter o exercício físico adequado, de pouco impacto, muita repetição e pouca carga”, alerta o ortopedista.

Ele explica que, quando se é mais jovem, existem mais vigor e potência muscular, então, é comum a prática de atividade física que exige mais resistência. Já, na terceira idade, usa-se baixa resistência. “Então, por exemplo, se você levantava 10 quilos, 5 vezes; agora, idoso, tem que fazer o contrário, levantar 5 quilos, 10 vezes”.

Para ter certeza de começar uma prática adequada, consultar um ortopedista ou um médico do esporte é recomendado, a não ser que a pessoa tenha algum problema clínico. “Se a pessoa não buscar um desses especialistas, ela pode acabar tendo fraturas. Como se perde muita massa óssea a partir da terceira idade, perde-se também a habilidade de andar e, por isso, quedas e torções tornam-se mais frequentes e podem levar a uma fratura” alerta o ortopedista.


Mulheres sofrem mais com a perda de fibras musculares e massas ósseas

As mulheres são as que mais sofrem com a perda de fibras musculares e massas ósseas e, por isso, precisam se dedicar mais às atividades físicas. Os motivos: hormônios femininos, menstruação e menopausa.

Idosos que praticam atividade física procuram menos atendimento médico

Os idosos que praticam exercícios físicos regularmente procuram menos atendimento médico do que os sedentários.
(Estudo do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual – IAMSPE)

Doenças degenerativas afetam menos idosos que praticam atividade física

Doenças degenerativas que se manifestam em um idoso ativo terão um curso menos grave e com maior chance de recuperação do que numa pessoa sedentária.

Três horas de atividades físicas semanais aumentam a sobrevida em até 5 anos a mais

Além disso, idosos que praticam ao menos três horas de atividades físicas por semana, vivem cerca de cinco anos a mais do que os sedentários.
(Pesquisa da Universidade de Oslo)


Como praticar atividade física de forma saudável

Como dito acima, considerando que após os 60 anos algumas áreas são mais fáceis de serem lesionadas, como joelho, quadril e ombro, já que são mais expostas e se tornam mais frágeis por conta do desgaste natural do corpo, é importante escolher exercícios físicos adequadas a essa realidade.

Assim, o ideal são as atividades que se praticam na academia, além de caminhada e bicicleta, por exemplo. “Atividades competitivas não são interessantes, como jogar futebol”, diz o Dr. Camanho.

Ele finaliza dizendo que a prática não precisa, necessariamente, acontecer em uma academia. “Qualquer um dos exercícios que eu citei, a pessoa pode fazer em casa. Ela pode pegar um pesinho com um ou dois quilos, fazer bicicleta estacionária, subir e descer as escadas do prédio; enfim, as opções são diversas. Mas, reforço, é preciso passar pela avaliação médica”.


Atividades que os idosos mais praticam:

Caminhada: 66,5



Bicicleta: 13,3



Academia: 9,7



Outros: 11,5

 


São bons exercícios para idosos:

Alongamento para idosos

Alongamentos

Dança para idosos

Dança

Atividade aeróbica para idosos

Aeróbico de
baixo impacto
(bicicleta e esteira)

Musculação para idosos

Musculação
especializada

Pilates para idosos

Pilates

Caminhada na terceira idade

Caminhadas

Atividades recreativas para idosos

Atividades
lúdicas
e recreativas

Ginástica para idosos

Ginástica
especializada


Infográfico sobre atividade física na terceira idade

Saiba mais sobre a Terceira Idade

Para obter mais informações sobre a terceira idade, nós preparamos um material exclusivo para você.
Baixe o infográficoCompartilhe com seus amigos