Sala Híbrida

Sala Híbrida

Sala Híbrida

Conceito recente na área médica-hospitalar, as salas híbridas consistem na união entre centro cirúrgico e sala para procedimentos de intervenção não cirúrgica associados a equipamentos de imagem de alta definição.

O espaço é desenhado para que os exames sejam usados antes, durante e depois das intervenções, proporcionando mais segurança e precisão em procedimentos complexos.

sala híbrida
O Edifício Dr. Adib Jatene tem duas salas híbridas: uma exclusiva para cardiologia e outra para procedimentos neurológicos, ortopédicos e de outras especialidades médicas, chamada de Brain Suite.

Brain Suite

Os trabalhos para desenvolver o Brain Suite evoluíram principalmente na Alemanha e nos Estados Unidos. Essa sala de cirurgia e de intervenção neuroradiológica foi criada no serviço da UCLA (University of California, Los Angeles).

A disponibilização de duas salas híbridas, uma exclusiva para neurointervenção, é pioneira no Brasil.

O Brain Suite oferece na mesma sala todo o suporte para ressonância magnética e tomografia. Assim, qualquer dificuldade durante a cirurgia pode ser resolvida ali mesmo, sem a necessidade de transportar o paciente para radiologia. A disponibilidade do equipamento de ressonância magnética acoplada ao Brain Suite permitirá atuar com extrema agilidade em momentos críticos.

A remoção de tumores também é feita de forma mais completa e precisa em salas híbridas. É possível que um tumor não seja completamente visualizado na cirurgia e uma parte dele pode ser deixada. Dentro da sala híbrida, existe mais controle do processo. Quando o procedimento termina, o paciente é analisado com uma nova imagem de ressonância magnética para garantir que a remoção foi completa.

Veja mais detalhes sobre a especialidade no vídeo abaixo:

Unidades