HCor Explica

Escolha por especialidade:

Hipertensão: a doença silenciosa que afeta o coração

Cardiologista do HCor alerta sobre os cuidados necessários para quem têm pressão alta, doença que afeta mais de 30 milhões de brasileiros além de ser uma das principais causas de óbito por doenças cardiovasculares e AVCs.

Atividade física é essencial na terceira idade

Conheça alguns benefícios da atividade física na terceira idade de acordo com o ortopedista do HCor além de dicas saudáveis e adequadas de exercícios físicos para idosos que aumentam a sobrevida em até cinco anos.

Doença renal crônica: um perigo para quem tem diabetes e pressão alta

Doença silenciosa afeta principalmente diabéticos, pessoas com pressão alta e pacientes acima de 50 anos sendo necessário a realização de exames de sangue e urina de forma periódica para acompanhar o estado dos rins.

AVC exige atenção aos sintomas e rapidez no atendimento

Uma em cada 4 pessoas se recupera totalmente do AVC quando o mesmo é tratado logo no início, sendo importante ficar atento à doença que causa mais de 6 milhões de mortes todos os anos no mundo.

Primeiros Socorros: saiba o que fazer em momentos cruciais

Massagem cardíaca, ligar para o SAMU e acalmar a vítima são algumas ações que podem aumentar as chances de sobrevivência em casos de acidente ou mal súbito. Saiba mais.

Distonia: contração muscular involuntária é doença e tem nome

Quadro pode ser desenvolvido por diversas causas como casos de AVC, infecções virais, ou traumas no cérebro e seu tratamento vai desde medicamentos a injeção de botox.

Câncer de bexiga: sangue na urina pode ser um dos sintomas do tumor

Urologista do HCor explica os tipos de câncer de bexiga e como é feito o seu tratamento. Saiba mais como identificar este tipo de câncer.

Infarto agudo do miocárdio: adote hábitos saudáveis e proteja seu coração

Popularmente conhecido como ataque do coração, o infarto agudo do miocárdio pode chegar de repente e levar o paciente à morte.

Epilepsia: tratamento adequado pode evitar crises epilépticas

De acordo com o neurologista do HCor, cerca de 1% da população sofre com epilepsia e aproximadamente 70% dessas pessoas ficam livres de crises epilépticas caso façam o seu tratamento correto.