• HCor realiza medição de monóxido de carbono no Conjunto Nacional | HCor | Hospital do Coração
    HCor realiza medição de monóxido de carbono no Conjunto Nacional

    HCor realiza medição de monóxido de carbono no Conjunto Nacional

    O HCor realiza, no próximo dia 22, no Conjunto Nacional, em São Paulo, uma ação para conscientizar as pessoas quanto aos malefícios causados pelo tabaco e celebrar dois anos do ambiente 100% livre de tabaco.

    Na ocasião, uma equipe do HCor fará a medição do índice de monóxido de carbono nos frequentadores do edifício com o objetivo de reforçar aos condôminos e visitantes que o edifício é 100% livre de tabaco. Além disso, a ação visa mobilizar as pessoas quanto aos perigos do fumo e os danos causados na saúde do fumante passivo, com a entrega de informativos e revistas sobre o tema, distribuídos no local.

    “As pessoas precisam ter a consciência que o cigarro precisa ser gradativamente extinto, pois fumar causa males à saúde e ao nosso meio ambiente. O cigarro é uma droga lícita que consequentemente abre as portas para o consumo de drogas ilícitas. Outro dado importante é que os jovens tem fumado cada vez mais o narguilé que por utilizar fumo perfumado, parece não fazer mal. Mas uma sessão de narguilé corresponde a 100 cigarros fumados em quantidade de nicotina”, explica Silvia Cury Ismael, coordenadora do Serviço de Psicologia e responsável pelo Programa de Cuidado Integral ao Fumante do HCor.

    Segundo a psicóloga, a procura pelo Programa cresceu por volta de 40% a 50% desde o início da lei. A medida de modo geral, não só aqui, mas em outros lugares do mundo incentiva aquele fumante indeciso a buscar tratamento.

    Sobre o Programa de Cuidado Integral ao Fumante do HCor

    Formado por grupos de cinco a 10 pessoas que se reúnem uma vez por semana, durante dois meses, o programa tem obtido êxitos inéditos. Após início do tratamento, por exemplo, cerca de 80% dos pacientes permanecem em abstinência. Depois de um ano, 60% deles resistem ao cigarro, diminuindo consideravelmente os riscos de doenças cardiovasculares, hipertensão, câncer de diversos tipos, diabetes, entre outros males.

    O Programa de Cuidado Integral ao Fumante é um dos trabalhos realizados pelo Serviço de Psicologia do HCor, que há 16 anos atua fortemente na instituição com palestras educativas para jovens e adultos, além do atendimento interno a pacientes do hospital. Ao todo, desde o seu lançamento há 16 anos, já passaram pelo programa mais de 800 pessoas.

    Como o cigarro afeta os fumantes passivos?

    • Fumar em ambientes fechados prejudica as pessoas com quem o fumante convive. Ao respirar a fumaça do cigarro, os não fumantes correm o risco de ter doenças como infarto do coração, câncer de pulmão, diabetes e catarata precoce;
    • Os não fumantes que respiram a fumaça do tabaco têm um risco maior de desenvolver doenças relacionadas ao tabagismo. Quanto maior o tempo em que o não fumante fica exposto à poluição tabagista, maior a chance de adoecer. As crianças normalmente são as mais afetadas, sofrendo com bronquite e pneumonia, asma e infecções do ouvido médio;
    • Basta manter um cigarro aceso para poluir um ambiente com as substâncias tóxicas da sua fumaça. Ao fim do dia, em um ambiente poluído, os não fumantes podem ter respirado o equivalente a 10 cigarros.

    Dicas para parar de fumar:

    • Escolha um dia para parar de fumar de uma vez só;
    • Tome água quando tiver vontade de fumar;
    • Procure ler, caminhar e praticar atividades que distraiam a mente;
    • Modifique sua rotina o máximo possível;
    • Faça exercícios regularmente;
    • Procure não substituir o cigarro pela comida;
    • Escove os dentes logo após as refeições;
    • Pratique relaxamento e exercícios de respiração;
    • Tenha sempre em mente que o cigarro é um inimigo da saúde;
    • Procure ajuda de especialistas se não conseguir parar sozinho.


    Anote na agenda:

    Comemoração de dois anos do ambiente 100% livre de tabaco do Condomínio Conjunto Nacional
    Dia: 22/07 (sexta-feira) – das 10h às 15h
    Local: Edifício Conjunto Nacional
    Endereço: Av. Paulista – 2073

    Unidades