Infarto Agudo do Miocárdio

Infarto Agudo do Miocárdio



Infarto Agudo do Miocárdio

O Infarto Agudo do Miocárdio (IAM), popularmente conhecido como ataque cardíaco, ocorre quando uma ou mais artérias do coração (coronárias) obstruem, impedindo que chegue fluxo de sangue oxigenado suficiente para determinada área do coração.

Dependendo do tempo de duração do infarto e da importância da artéria comprometida, a não oxigenação do órgão pode comprometer totalmente o seu funcionamento ou até mesmo fazer com que ele pare de funcionar.

Em caso de sintomas de infarto, procure ajuda!

Uma forte dor no peito, de aparecimento súbito, constritiva, que se assemelha a um aperto, pode ser um sinal de infarto. Dores que se irradiam para o braço esquerdo ou até mesmo para o queixo, acompanhadas de mal-estar, sudorese ou tontura também são sintomas do infarto agudo do miocárdio e precisam ser avaliados por um médico.

Você sabia?

Existem 5 tipos diferentes de infarto, sendo o infarto tipo 1 – decorrente da placa de ateroma, o mais comum! O infarto tipo 1 pode ainda ser diagnosticado de diferentes formas:

Infarto com supradesnivelamento do seguimento ST (IAM com supra):

nestes casos há uma obstrução total de alguma das coronárias e necessita de intervenção imediata, ou seja, a artéria precisa ser aberta o quanto antes para que o fluxo de sangue no local seja reestabelecido. Recebe esse nome pois gera alteração eletrocardiográfica (supradesnivelamento do seguimento ST).

Infarto sem supradesnivelamento do seguimento ST (IAM sem supra):

nestes casos há uma obstrução parcial de alguma das coronárias. Como não geral alteração eletrocardiográfica, para diagnosticar o infarto, o médico precisa, associado ao sintoma, solicitar um exame de sangue chamado Troponina – enzima cardíaca que aparece no exame de sangue quando há sinal de injúria miocárdica, ou seja, quando o fluxo de sangue para determinada área do coração não está sendo suficiente.

Tipos de infarto

Para conhecer os outros tipos de infarto, nós preparamos um material exclusivo para você!

Baixe as orientações

Fatores de risco do infarto agudo do miocárdio

O Dr. Leopoldo Piegas conta que há fatores de riscos que não podemos influenciar. Entre esses, a idade e o sexo são os principais. “Quanto mais idosa a pessoa, maior a possibilidade de ter um infarto. Além disso, as mulheres que entram na menopausa também estão mais sujeitas”.

Outros fatores de risco, como pressão alta, diabetes mellitus, obesidade, elevações do colesterol, sedentarismo e tabagismo colocam essas pessoas no grupo de risco. “Manter alimentação saudável, realizar alguma atividade física, hábitos de vida que ajudam a proteger o coração, tratar corretamente a hipertensão arterial, diabetes mellitus e o colesterol elevado se estiverem presentes. Não tem segredo, a pessoa precisa ter hábitos saudáveis para evitar o infarto agudo do miocárdio”.

Tratamento do infarto agudo do miocárdio no Hcor

Com a palavra coração no nome, o Hcor está totalmente preparado para fazer os tratamentos mais modernos e recentes na área cardíaca, com uma equipe capacitada e experiente.

Para quem sofreu um infarto, o tratamento mais comum é o restabelecimento da circulação na artéria coronária atingida, por meio de uma técnica de recanalização da artéria com implante de um stent, a qual o Hcor é especialista e pioneiro no Brasil, sendo grande as chances de recuperação. “Havendo qualquer mínima suspeita de que o paciente está tendo um infarto, deve-se transportá-lo imediatamente, como dizemos tempo é músculo!”, encerra o cardiologista.

No Hcor exite uma linha de cuidado, denominada Programa de Cuidados Clínicos em Infarto Agudo do Miocárdio. O programa é certificado pela mais importante organização acreditadora do mundo, a Joint Commission International (JCI), e conta com uma estrutura que disponibiliza aos pacientes um cuidado multidisciplinar com enfermeira, nutricionista, farmacêutica, fisioterapeuta e psicólogo. Isso melhora a orientação e aumenta a adesão ao tratamento!

Para saber mais sobre esse cuidado multidisciplinar, clique aqui

Tipos de infarto

Saiba mais sobre Infarto Agudo do Miocárdio

Para obter mais informações sobre IAM, nós preparamos um material exclusivo para você.

Baixe as orientações

Programa de Cuidados Clínicos em Infarto Agudo do Miocárdio