HCor Explica

Escolha por especialidade:

Insuficiência cardíaca: via final das doenças do coração

Quando o coração se torna incapaz de bombear adequadamente o sangue para nutrir todo o organismo, é porque o paciente apresenta uma insuficiência cardíaca, e todo o organismo sofre com ela.

Fim do mito: mulheres também sofrem com doenças do coração

Apesar do período de proteção hormonal que as mulheres têm entre a menarca e a menopausa, uma a cada cinco mulheres tem risco de sofrer um infarto no Brasil sendo o estresse no trabalho, ansiedade e a pressão alta alguns dos fatores de riscos de acordo com cardiologista do HCor.

Hipertensão: a doença silenciosa que afeta o coração

Cardiologista do HCor alerta sobre os cuidados necessários para quem têm pressão alta, doença que afeta mais de 30 milhões de brasileiros além de ser uma das principais causas de óbito por doenças cardiovasculares e AVCs.

Infarto agudo do miocárdio: adote hábitos saudáveis e proteja seu coração

Popularmente conhecido como ataque do coração, o infarto agudo do miocárdio pode chegar de repente e levar o paciente à morte.

Obesidade: conheça a vilã da saúde do seu coração

Endrocrinologista do HCor explica os riscos para a saúde do coração que a obesidade e o sobrepeso podem causar e como evitar. Saiba mais.

Cardiopatia Congênita

O diagnóstico de uma cardiopatia é assustador em qualquer idade. Quando o paciente ainda nem nasceu, receber esse parecer médico parece ser ainda pior. As Cardiopatias congênitas estão entre as malformações mais comuns: 1 a cada 100 bebês tem cardiopatia fetal.

Conheça as doenças cardiovasculares que afetam a maior artéria do corpo: a aorta

A aorta é uma das maiores e mais importantes artérias do corpo humano responsável por levar oxigênio para todo o organismo.

Sala híbrida: mais segurança para o paciente na cirurgia cardíaca

Ao receber da equipe médica a notícia de que será preciso passar por uma cirurgia cardíaca é comum que pacientes e familiares se sintam aflitos. Afinal, trata-se de um dos órgãos mais importantes do nosso corpo e os procedimentos consequentes de doenças cardiovasculares costumam ser bastante invasivos. Ou, melhor, costumavam ser.

Ressonância magnética: Entenda sem medo como o exame funciona

Usar esse método de diagnóstico padrão ouro, ou seja, com baixíssimas possibilidades de erro – que inclusive se tornou um grande aliado dos pacientes cardíacos – está muito mais confortável.