Telecardiologia do HCor emite laudos em tempo real para equipes do SUS

Serviço já analisou mais de 550 mil eletrocardiogramas enviados por ambulâncias do SAMU e Unidades de Pronto Atendimento de todo o Brasil.

Laudo de Eletrocardiograma a distânciaA tecnologia está unindo grandes centros de excelência médica a regiões remotas ou de difícil acesso. O programa de Telecardiologia do HCor representa, com excelência, um avanço na assistência médica cardiológica à distância. O serviço, em parceria com o Ministério da Saúde por meio do Programa de Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde
(PROADI-SUS), vem contribuindo significativamente com a melhora diagnóstica e redução de internações de pacientes em casos de infarto e arritmias.

Com equipamentos portáteis, protocolos de atendimento bem estabelecidos e profissionais altamente capacitados, é possível otimizar, em tempo real, o atendimento de emergência à população que depende exclusivamente do SUS, conectando equipes médicas de diferentes Estados aos profissionais da Central
de Telecardiologia do HCor, em São Paulo. “Já são mais de 550 mil laudos de eletrocardiograma à distância emitidos às equipes de atendimento do SAMU e das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de todo o País. Em média, são 15 mil exames analisados por mês”, contabiliza o cardiologista Dr. Fábio Taniguchi, coordenador do Projeto Boas Práticas em Cardiologia e Urgências Cardiovasculares do HCor.

A rapidez é o grande diferencial. Segundo Dr. Taniguchi, a emissão do laudo em até dez minutos é considerada um indicador de boas práticas em cardiologia. “Essa agilidade é fundamental para realizar um tratamento efetivo em tempo hábil, ainda durante o transporte à unidade hospitalar, garantindo um menor índice de mortalidade”, destaca. As principais ocorrências são infarto, fibrilação atrial, arritmias cardíacas, taquicardias e bradicardias (diminuição da frequência cardíaca).

Transmissão de exames via celular

As unidades do SAMU são equipadas com um telefone celular e um eletrocardiógrafo digital portátil, utilizados para o envio dos exames para a Central de Telecardiologia do HCor. Os casos são analisados e discutidos por uma equipe médica, 24 horas por dia. Um laudo é emitido com a interpretação completa, retornando quase que imediatamente para a ambulância de origem e oferecendo também ao médico do SAMU a possibilidade de discussão da melhor conduta terapêutica a ser adotada.

 

Ambulância SAMU
Exame: captação do
eletrocardiograma do paciente
(ambulância SAMU)
Aparelho celular
Envio: via internet
para a Central de
Telecardiologia do HCor
(aparelho celular)
Eletrocardiograma
Laudo: análise e
elaboração de laudo em
cinco minutos, em média
(Central Telecardiologia
HCor)
Dados enviados pela internet
Entrega: via internet
com sugestão de
conduta de socorro e
tratamento baseado
em evidências
(informação volta para
ambulância SAMU)