×

HCor Explica / Ortopedia

Artrose: sintomas e fatores de risco

Incidência do câncer na bexiga

Sintomas

Logo que a artrose se instala, ela não apresenta sinais. Somente após algum tempo surge o principal sintoma: a dor. No início, ela vai aparecer apenas na articulação e quando a pessoa se movimenta. Depois, a dor aumentará de intensidade, afetará toda a região e terá a tendência de piorar ao final do dia.

Além da dor, outros sintomas são esperados: limitação de alguns movimentos, rigidez, inchaço e rangidos, estes devido ao atrito entre os ossos. A dor varia de pessoa para pessoa e pode ser de grau moderado ou até o caso de o paciente ficar totalmente incapacitado.

Leia mais:

+ Conheça os mitos e verdades sobre a artrose

+ Artrose: o que é e quais são as causas

+ Saiba como prevenir artrose 

Fatores de risco

Assim como em qualquer outro problema de saúde, há alguns fatores que podem tornar a pessoa mais suscetível a desenvolver a artrose. É sempre bom ficar atento a esses fatores para, se possível, evitá-los. No caso de não poder escapar deles, é bom estar bem informado.

Idade avançada

Este é o principal fator de risco da artrose e, infelizmente, não há como evitá-lo. O envelhecimento é um processo natural pelo qual passa o ser humano. O importante é chegar aos 50, 60 ou 70 anos com saúde para, assim, poder driblar as adversidades, como uma possível artrose.

Sexo feminino

Este também é um dos fatores principais que não pode ser evitado. A medicina ainda não descobriu a razão, mas a artrose acomete muito mais mulheres do que homens. Então as mulheres devem ter cuidados redobrados.

 

Obesidade

Este sim é um fator de risco que você pode evitar. Ao carregar mais peso, é normal que as articulações sofram mais, principalmente os joelhos, os tornozelos e os pés, pois são a sustentação do nosso corpo. Portanto, que tal aderir a uma dieta mais saudável? Que tal eliminar a gordura e o açúcar ou ao menos reduzi-los na sua alimentação?

Deformidades ósseas

É um fator de risco para pessoas que já nascem com algumas articulações malformadas ou com a cartilagem defeituosa. Para esses casos, o risco de desenvolver artrose é muito maior.

Lesões

Alguns acidentes e a prática de determinados esportes pode tornar-se fator de risco. Futebol e tênis, por exemplo, são atividades com movimentos repetitivos que acabam prejudicando, no médio e longo prazo, as articulações.

Doenças específicas

Se você já possui alguma das doenças a seguir, está no grupo de risco de pessoas que podem vir a desenvolver artrose:

    • diabetes;
    • gota;
    • hipotireoidismo (disfunção na glândula que regula a tireoide);
    • doença de Paget do osso (distúrbio do esqueleto adulto).