×

HCor Explica / Outras

Síncope: sintomas e fatores de risco

Em ocasiões de muito esforço físico, choque ou queda de pressão, é comum que o indivíduo tenha um desmaio — o nome popular para síncope. Embora a recuperação seja rápida, é um momento de susto e até de desespero para quem está por perto.
Por um lado, essa queda de pressão pode ser inofensiva. Por outro, pode estar associada a algo mais grave, como uma patologia cardíaca. Entenda quais são os sintomas e fatores de risco:

Incidência do câncer na bexiga

Leia mais:

+ O que é uma síncope?

+ O que causa a síncope?

Quais são os sintomas da síncope?

Os sintomas da síncope incluem:

  • visão turva (sem clareza ou nitidez);
  • ligeira incapacidade de falar;
  • náusea e ânsia de vômito;
  • cefaleia (dor de cabeça);
  • pensamentos confusos;
  • pressão arterial baixa;
  • respiração lenta;
  • pulso fraco;
  • fraqueza;
  • suor frio;
  • tontura;
  • palidez.

Quais são os fatores de risco?

Alguns sinais são preocupantes e exigem a procura urgente por ajuda médica, como:

  • síncope precedida ou seguida por dor torácica, palpitações ou falta de ar;
  • convulsões cujas causas não foram encontradas;
  • diversos episódios de síncope em um curto período;
  • desmaio sem sintomas ou razões aparentes;
  • lesão significativa após um desmaio;
  • histórico familiar de morte súbita;
  • desmaio ao se exercitar;
  • idade avançada.